sexta-feira, 24 de junho de 2016

Intervenção psicológica reconhecida pela Assembleia da República


Adopção de medidas integradas de incentivo à natalidade e de proteçcão da parentalidade


Recentemente, foi publicada a resolução da Assembleia da República nº 111/2016,(AQUI) que, nos termos do nº 5 do artigo 166º da Constituição, recomenda ao Governo a adopção de medidas que "garantam o acesso dos pais e famílias a consultas de psicologia no Serviço Nacional de Saúde (SNS), no sentido de fomentar práticas educativas promotoras da saúde mental" e "assegurem a contratação de profissionais de psicologia e de serviço social para o SNS de modo a permitir o desenvolvimento de programas de prevenção e promoção da saúde mental junto das crianças e jovens, bem como o reforço dos serviços de saúde mental, garantindo a sua intervenção quando necessário".
Este foi mais um importante passo na afirmação dos psicólogos e a OPP tudo continuará a fazer, no sentido de defender os interesses não apenas dos seus membros, mas também dos utentes.
Fonte:https://www.ordemdospsicologos.pt/pt

Sem comentários: