terça-feira, 5 de julho de 2011

O fim da Pirâmide de Maslow?

Pirâmide das Necessidades de Maslow

Maslow organizou uma pirâmide das necessidades humanas, que é do conhecimento dos alunos que frequentam a disciplina de Psicologia no ensino secundário.
Esta hierarquia das necessidades (de acordo com a imagem), tem como princípio: enquanto as necessidades inferiores não estiverem satisfeitas na vida (as necessidades básicas de água, comida, sexo…), não tem importância para essa pessoa as necessidades superiores (as ligadas à realização pessoal).
Desconfiei sempre desta pirâmide, sendo que o meu argumento principal é que o amor é uma necessidade básica. Mas Maslow não pensava assim.

A recente investigação da equipa de Ed Diener, ligado à Ciência da Felicidade, teve por objectivo pesquisar os ingredientes da felicidade à volta do mundo, tendo por base esta proposta de Maslow. Os pesquisadores descobriram que as diversidades das necessidades, não são universais e a hierarquia pouco importa. Ou seja, uma pessoa pode relatar ter boas relações sociais e isso contribuir para a sua satisfação na vida, mesmo não tendo as necessidades básicas satisfeitas.

A investigação de Louis Tay, Ed Diener. Needs and subjective well-being around the world. encontra-se publicada no Journal of Personality and Social
Para saber mais Science Daily e a página da Universidade de  Illinois, aqui.
Um resumo da Teoria das necessidades, aqui.

Imagem retirada daqui.

Sem comentários: